lai

Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Ùteis

Programa de Assitência Domiciliar - PAD E-mail
Sex, 22 de Outubro de 2010 11:30

Apresentação do Programa de Assistência Domiciliar - PAD do HGWA

 

Com o envelhecimento da população cearense vem aumentando de maneira relevante o numero de portadores de doenças crônicas e incapacitantes levando a internação prolongada dos pacientes crônicos e idosos que necessitam cuidados e suporte especiais.

Visando a desospitalização com a garantia do cuidado especializado, a otimização dos recursos disponíveis e a humanização do cuidado, foi criado pelo o HGWA, o Programa de Assistência Domiciliar (PAD) em junho de 2003.

O PAD realiza a desospitalização de clientes com doenças crônico-degenerativas, em sua maioria, sequelados, acamados e dependentes de cuidados especiais.

Atualmente o PAD do HGWA assiste a 70 pacientes/mês em domicílio incluindo seis pacientes em Suporte respiratório invasivo e 11 pacientes em Oxigenioterapia domiciliar.

O objetivo do programa é a desospitalização e reintegração domiciliar dos pacientes complexos e incapacitados para assim melhorar a qualidade da assistência e reduzir o número de reinternações desses pacientes.

 

O Programa de Assistência Domiciliar (PAD) do Hospital Dr. Waldemar realiza suas atividade em dois momentos:

  •          No preparo do cliente e orientação do cuidador para alta pelo PAD
  •          Na assistência interdisciplinar no domicílio

 

Para a inclusão no programa, o cliente deve:

  •          Estar totalmente acamado / imobilizado, sem condições de sair de casa para realizar tratamento ambulatorial;
  •          Apresentar estabilidade clínica, sem necessidade de medicação endovenosa;

         Necessitar de cuidados especiais com supervisão da equipe, como:

*     Curativos com necessidade da supervisão da enfermagem;

*      Dieta enteral por sonda nasoenteral ou gastrostomia;

*      Mobilização com supervisão da fisioterapia;

*      Oxigenoterapia e suporte respiratório invasivo com BIPAP

*      Cuidados com estomias: traqueostoma, estomias intestinais;

*      Tratamento paliativo em doenças terminais;

*      Complementação de tratamento e reavaliação;

  •          Ter residência na cidade de Fortaleza
  •          Ter condições familiar e socioeconômicas para receber tratamento domiciliar.

A equipe, composta por médicos, enfermeiros, nutricionista, fisioterapeuta, assistente social e fonoaudiólogo orienta o cuidador antes da alta do cliente, ainda no hospital, e dá continuidade às orientações no domicílio, até que a família esteja adaptada à nova situação de morbidade/dependência ou até que ele possa ser encaminhado para um outro serviço de saúde.

O PAD tem um coordenador médico e um coordenador técnico, sendo esse último profissional de nível superior que atua no PAD, ambos são subordinados á direção médica e técnica do HGWA.

As visitas acontecem de acordo com a necessidade do cliente, estado e dependência do cliente/família podendo ser semanal, quinzenal ou mensal e contatos telefônicos. O cuidador deverá participar ativamente no cuidado do cliente, seguindo as orientações dos profissionais da equipe.

O PAD fornece a medicação, uma infra-estrutura mínima de material médico hospitalar e empréstimo de equipamentos necessários de acordo com patologia em questão, como BIPAP, concentradores de O2, aparelhos de aspiração.

Dietas enterais e artesanais são de responsabilidade da família do paciente.

O período de assistência do PAD varia de acordo com a necessidade de cada cliente, O cliente deve ser encaminhado para o serviço de saúde da rede primária como o PSF quando possível e receber alta do programa.

A assistência prestada aos pacientes é baseada em protocolos clínicos pré-estabelecidos sob a responsabilidade da equipe técnica do PAD.

Cada paciente tem um prontuário médico específico para os registros da equipe do PAD.

Os pacientes em uso de equipamento fornecido por empresas externas, como Concentrador de oxigênio e BIPAP (Lockmed) recebem a assistência técnica do equipamento de manutenção e reparo através da empresa de locação.

Os atendimentos das intercorrências clínicas não emergenciais no domicílio são de responsabilidade da equipe multidisciplinar do PAD.

Para o atendimento de emergência em domicílio, incluindo intercorrências graves com os pacientes em suporte ventilatório invasivo, o PAD conta com o apoio da equipe do SAMU Fortaleza.

Desde 2003 até outubro 2010 foram atendidos 733 pacientes no PAD/HGWA e o serviço continua com a demanda para inclusão sempre crescente.

 

LAST_UPDATED2
 

Serviços

Agenda - Setembro 2014

Do Se Te Qu Qu Se Sa
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 1 2 3 4

Hospital Geral Waldemar de Alcântara - Rua Dr. Pergentino Maia, 1559 – Messejana - CEP:60864-040 - Fortaleza/Ce

Fone: (85) 3216-8300 Fax: (85) 3216-8344

© 2010 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados